Nego do Borel fala sobre a prima desaparecida: ‘Espero que esteja viva’

dezembro 16, 2016  —  By

Funkeiro confirmou que Carine Viana da Silva, de 23 anos, não voltou mais para casa desde o último dia 3 de novembro após ir à igreja na Tijuca, no Rio.

Nego do Borel fala sobre a prima Carine Viana, que desaparecida há 45 dias: 'Espero que esteja viva' (Foto: Arquivo pessoal da família)Nego do Borel fala sobre a prima Carine Viana, que
desaparecida há 45 dias:’Espero que esteja viva’
(Foto: Arquivo pessoal da família)

O funkeiro carioca Nego do Borel conversou com o EGO na tarde desta quarta-feira, 14, sobre o desaparecimento de sua prima desde o dia 3 de novembro. “Estamos desesperados e procurando muito por ela. É um sofrimento não saber onde ela está. Espero que ela esteja viva e bem. Estamos sem notícias dela tem quase 45 dias. É muito tempo desaparecida, ela nunca sumiu assim”, resumiu o cantor ao falar da prima, a jovem Carine Viana de Silva, de 23 anos, e mãe de duas crianças – um menino de 4 anos e de um bebê de 4 meses.

Ela desapareceu após ir à Igreja Nossa Senhora do Libano, na Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela mãe da jovem, Rejane Viana Menezes. “Estava tudo bem. Ela deixou o filho mais velho dela comigo e foi na igreja buscar uma cesta básica. O marido dela estava na casa deles, no Morro do Borel, na Tijuca, com o bebê. Já fui na 39ª DP, na Pavuna, e fiz a ocorrência. Até agora ninguém recebeu notícias. Fui nos hospitais e até no IML. Ninguém sabe de nada”, afirmou ela, ressaltando que a filha já foi usuária de drogas.

Estamos desesperados. Espero que ela esteja viva e bem. Estamos sem notícias dela tem quase 45 dias. É muito tempo desaparecida”
Nego do Borel sobre
a prima desaparecida

“Ela já usou drogas e até já ficou internada. Mas como acabou ficando grávida e teve o bebê, ela pediu para sair da clínica e parecia bem. Estava morando com o marido e filhos. Ela vinha aqui em casa, em Barros Filho (Zona Norte), toda semana”, informou a mãe de Carine.

Publicidade

Roseli Viana Pereira, tia de Carine e mãe do Nego do Borel, acredita que a sobrinha esteja com algum tipo de problema psicológico. “Ela morou um tempo aqui em casa comigo e com Maycon (Nego do Borel). Não acredito que ela tenha voltado a usar drogas. Acredito que ela esteja com algum tipo de depressão pós-parto. Ela anda muito cansada e desanimada… Queremos ajudar ela, seja qual for o problema. O desespero da família é enorme e não sabemos mais o que fazer”.

fonte: G1

Loading...